quarta-feira, 2 de maio de 2012

Croquis - Terra de Gigantes


Então galera aos poucos o Setor de boulder TERRA DE GIGANTES na Lapa está andando, digamos assim com as próprias pernas, digo isso porque o setor amadureceu, agora o pessoal está de fato conhecendo esse pico irado de boulder que promete ser um dos melhores do Paraná.
No início fui apresentado ao setor pelo Serginho de Campo do Tenente, posteiormente começamos eu e o Paulo Haiduke a explorar o setor e ampliar os horizontes, conhecendo a cada nova investida mais um subsetor. Na sequência veio o Lula que passou a frequentar bastante também o lugar com a gente, vieram também o China, Camusa, Briones, Betão, Élcio Muliki, Alessandro Haiduke entre outros, recentemente o Poder virou freguês também junto com o Deco, e mais recente ainda o Playba, Xambre, Gabriel, Monstro e cia, todos deram sua contribuição ao setor seja trampando nas linhas, nas bases, abrindo e mandando projetos, sikando agarras e também quebrando-as, pois aqui é arenito e portanto cuidado, muitas agarras quebram, vários crashes e segs são bem importantes, eu mesmo já vaquei algumas vezes.
Devemos lembrar que estamos em propriedade particular, portanto deve-se falar com o dono das terras SEMPRE que forem praticar boulder em suas terras, essa é a regra fundamental do setor, não entre sem avisar antes. E lembre-se, não faça nada que possa prejudicar esse pico alucinante, pois uma atitude errada de um pode comprometer o acesso ao lugar, muita gente já trabalhou nisto. E falando em trabalho, o setor precisa de pessoas motivadas nisto pois se você deseja vir aqui e escalar num pico dos sonhos, portanto torne seu sonho realidade, trabalhando para deixá-lo assim, seja arrumando uma base, uma trilha, uma linha, deixando de escalar em agarras muito frágeis sikando-as discretamente, só para reforçá-las, para que não se percam lindas linhas natutais.
Se pretende acampar/bivacar converse com o proprietário, para ver se o mesmo consente com tal prática, outro detalhe do setor é que ele é bastante selvagem, já foi visto por aqui um puma (sussuarana) de tamanho considerável, há jararacas e cascavéis, eu mesmo quase fui picado por uma cascavel, portanto evite andar sozinho e também evite andar à noite, dê preferência à calçados cano alto, nessa época há por todos os lados um capim rasteiro que à noite dificulta bastante a visualização, e quando chegar nos boulders, antes de esparramar nas bases, primeiro inspecione-as, pois cascavel "gosta" locais rochosos.
Quanto ao acesso à veículos é possível adentrar pela estradinha um trecho e deixar o carro parado bem no canto desta, de forma que não obstrua a passagem à outros veículos, com 4X4 é possível ir bem mais acima, outra coisa, não estacione ou circule dentro das plantações.
Quanto à ética de saída dos boulders, isso com certeza é assunto polêmico, no entanto a os boulders aqui abertos levam em consideração eliminar o "jorge", isto é, eliminar a base de rocha bem positiva, e praticamente todos os boulders saem sentados, existem algumas excessões de boulders SDS, em que foi adicionada uma extensão a uma saída já sentada (por exemplo o Dr. 021 em que adiciona uma cruzada de saída, trata-se de um "problema" de boulder bem específico), outro exemplo é o boulder "Bem Ardido" que não tem SDS, pois já foi aberto com saída sentado, enfim a criatividade e a consciência é de cada um, portanto divirta-se, pois no final das contas o que importa é escalar.
Demais cuidados de praxe, levar lixo de volta, não fazer fogueiras, não corta árvores, etc.
Observação: se abrir algum boulder novo, favor encaminhe, para o email ibitira@yahoo.com.br, uma foto com a linha do dito cujo com nome e grau sugerido, que eu adiciono na lista.

Então vamos ao que interessa... os croquis.




















































Por hora o setor encontra-se interditado por causa de arrendamento de terras, em que o arrendatário proibiu o acesso a área dos boulders.

7 comentários:

  1. Dae graxa beleza? Massa os croquis hein,
    Porra, to com a maior saudade de escalar ai. To trabalhando pra caralho aqui, não tenho tempo pra nada, e além disso não fiz amizade com nenhum escalador, nem dá vontade de escalar aqui sozinho.
    Fiquei até emocionado vendo tantas fotos minhas aí no setor, principalmente a primeira lá no jubarte. Valeu!

    Abração, se cuida é até!!!

    ResponderExcluir
  2. Massa seu piá, então a hora que vc voltar bora escalar loco! Ontem mandei o FA do Pé na Fornalha! Eita V5 encardido, já tem três V7 encadenados no setor, todos osso!!!
    Abrass

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Gde Taylor, dae fera td certinho fico feliz em ver a escalada crescendo por esses lados, aqui no monge ainda estamos em off, mas nos bastidores teremos boas noticias...abraçao...seguinte, entra em contato em pvt zelaolapa@gmail.com
    abraço e boas escaladas

    ResponderExcluir
  5. E aí graxa, beleza? não foi postar nada novo não pô???? hehehe

    Viu, lembrei que você esqueceu de colocar os croquis daqueles boulders que a gente abriu lá perto da santa, tá lembrado??? o trepados, e o outro que não lembro o nome...

    abraço

    ResponderExcluir
  6. Opa! Que setor irado cara! Ele ainda está interditado? Gostaria de conhecer uns boulders em arenito! Existe algum outro setor de boulders aí pela região cujo acesso esteja liberado? Desde já, agradecido!! Abraços!

    ResponderExcluir
  7. Por hora ainda está interditado, no entanto estamos buscando negociar o acesso novamente!
    Qualquer novidade posto aqui no blog.
    Abrass

    ResponderExcluir